Você está aqui:Home » MMA » MMA Feminino » Miesha Tate diz que GSP não entende de MMA feminino

Miesha Tate diz que GSP não entende de MMA feminino


Uma das principais representantes do MMA feminino, Miesha Tate, ex-campeã do peso-galo do Strikeforce, afirmou que Georges St-Pierre não pode falar sobre as lutas entre mulheres enquanto não acompanhar pelo menos uma.

Durante o treino aberto do UFC 154 na semana passada, em Montreal, Georges St-Pierre disse que se sentiu feliz pelas lutadoras por causa da chegada do MMA feminino ao UFC, mas que por outro lado tinha uma mentalidade diferente, da “velha escola”, e que é difícil para ele conseguir assistir aos duelos entre mulheres.

“Se ele nunca assistiu a nós lutarmos, então ele não pode dizer como realmente se sente sobre isso porque é ignorante. Ser antiquado é bom, mas nós, mulheres dos dias modernos, não estamos pedindo a sua proteção, estamos pedindo a sua aceitação e estamos lutando por igualdade. Se todos se sentiram sobre MMA o que GSP acha sobre o MMA feminino, então ele não teria um emprego. Espero que Georges St-Pierre possa abrir sua mente um pouco e realmente assistir às lutas de algumas mulheres. Estamos chegando ao UFC por uma razão e seria bom ter um apoio total de meu lutador favorito de todos os tempos. Não vai demorar muito para ele perceber que não somos essas criaturas frágeis quando entrar no cage, somos guerreiras e tão merecedoras de respeito quanto os homens”, escreveu Tate em seu site oficial.

Dana White confirmou na semana passada que Ronda Rousey assinou contrato com a organização. A ex-judoca olímpica é a primeira mulher na história a fazer parte das lutadores do UFC.

Apostas MMA divulga os melhores palpites, dicas e notícias sobre apostas esportivas e bônus para apostar grátis e prêmios fantásticos.

Voltar para o topo